08 março 2012

Da feminilidade

Não gosto de carros de mulher (temática dedicada ao Dia Internacional da Mulher - faz de conta). Há carros que são tipicamente de mulheres, mormente pela sua estética. Há também aqueles que, apesar de não serem feitos para mulheres, a grande parte das pessoas que conduz esses carros são mulheres, o que os torna também carros de mulheres. Os Peugeots 206 (e quase todos os Peugeots no geral) são carros de mulher. Todas as mulheres acham um carro fofinho e querido. Só por aí se nota que são carros de mulher, pois qualquer pessoa que perceba um pouco de carros sabe que os Peugeots são uma trampa. Outro carro que é tipicamente de mulher é o Yaris (tanto modelo antigo como novo). Não devia, porque a Toyota até é um bom construtor, mas aquele design foi um erro, aquilo apela ao coração das mulheres. E parece-me ridículo ver homens a conduzir Yaris. Podia enumerar muitos mais, Fiat 500, VW Beetle, Renault Twingo, Daewoo Matiz (e todos os carros deste género, tipo mini monovolumes, assim pequenos e altos e odiosos) e muitos outros, quase sempre carros pequenos (para ser fácil estacionar) e fofos. Estes são do primeiro grupo. No segundo grupo podemos incluir por exemplo os Audi A3 e os Mini Cooper. Não são carros de mulher, são até carros desportivos, assim numa estratégia de apelar mais aos homens, mas vai-se a ver e a maioria dos condutores são mulheres. E são também aqueles carros pelos quais todas as mulheres suspiram, mesmo não os tendo. São os carros de sonho de muitas mulheres, o que os torna também em carros de mulher. Odeio carros de mulher e, ironicamente, os dois que conduzo estão nestas duas categorias (apesar de eu gostar deles, não gosto é do facto de serem tipicamente de mulheres). Damn...

10 comentários:

Anónimo disse...

A3

Aflito disse...

Eu gosto de minis. O mini não é só um carro de gaja. É um carro de gaja boa. :|

trollofthenorth disse...

Eu também gosto de minis. Mas fresquinhas de preferência. :)

Tenho uma amiga com um aygo e estou sempre a gozar com ela. É carro porta chaves.

VdeAlmeida disse...

Por alguma razão, esses carros são mais fáceis de estacionar. (essa é uma daquelas frases assassinas)
Já agora, podias juntar o BMW mais pequeno na 2ª categoria.

P.S.- Então e os Smart?

Maat disse...

@VdeAlmeida: o BMW que estás a falar é o série 1, certo? sim, outro desses, completamente.
e outro ainda nessa categoria é o Mercedes Classe A.

os smart são um caso à parte. sei que já falei disso na internet, não sei se aqui no blog ou se nos comentários de outro blog (poplex, de certeza, mas não sei se noutros também). vou pesquisar e se não falei ainda aqui, vou certamente fazer um post sobre eles.
se já falei, não me vou repetir, mas fica a saber que os odeio mais que tudo e espero que todos os smarts se mandem contra muros (sem os condutores se magoarem, calma, nao sou assim tão má) e se destruam para sempre e que se percam os projectos e nunca mais seja possível fabricar tal aberração.

:)

VdeAlmeida disse...

É o BMW classe 1, claro.
Os Smarts têm o problema de termos que cortar as unhas dos pés antes de entrar num. Mas fico à espera desse post :). É que andava a pensar comprar um para andar nas voltas por Lisboa, mas assim vou adiar até ler o texto.
:)

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Detesto carros fofinhos e pequeninos.Detesto.

E sabes que mais, foi um carro "grande" (á homem, "portantos") que safou os meus pais de um acidente que tiveram Sexta feira passada.Se fosse um carro fofinho não sei como seria.
Por isso: detesto carros minorcas e fofinhos.

Anónimo disse...

A3 é d'homem

Rachelet disse...

Sim sim, já dissertei sobejamente sobre os Smarts, por isso, vou deixar passar - basta dizer que Smarts conduzidos por mulheres nunca dão passagem.

Adiante.
Tenho outra questiúncula com Peugeots 306 - deve ser dos faróis que lhe dão aquela cara de mau, mas os gajos que os conduzem tendem a ser fanãs aceleras.

Anónimo disse...

Só mesmo por curiosidade...que carro tens?

utilizadores online