11 dezembro 2012

Da festa

Não gosto de trabalhar perto de fábricas de conserva e/ou do mar. Quer dizer, trabalhar perto da praia é espectacular, mas tem algumas desvantagens. Algumas delas já aqui falei, como não ter lugar para estacionar no Verão, mas ultimamente o pior tem sido o cheiro a peixe constantemente no ar. Não sei bem o que se passa. Se é do mar ou se alguma fábrica de conservas pôs o peixe todo cá fora a apanhar ar, mas uma pessoa chega lá fora e é como se todos os dias fossem S. João. É uma espécie de sardinhada permanente. Nada como uma pessoa de manhã estacionar, abrir a porta do carro e levar com o belo cheiro a sardinhas, para acordar. Isto já acontece pelo menos há dois meses. Uns dias o cheiro intensifica, outros fica mais suave, mas tem sido constante. Senhores das fábricas de conservas, por favor metam o peixe nas latinhas que não se pode andar lá fora.
utilizadores online