15 março 2012

Do jeito

Não gosto daqueles anúncios de emprego onde se pede 'gosto pelo contacto pelo cliente'. Por favor, senhores das empresas, acham mesmo que há pessoas que gostam de contactar com clientes? Os clientes são mal-educados, reclamam, dão trabalho, acham que têm sempre razão, são umas bestas, no geral. Haverá mesmo alguém no mundo que goste de lidar com eles? Não me parece. Leio os anúncios que pedem isso e rio-me. Rio-me porque o único motivo para a existência deste requisito deve ser para testarem as pessoas na entrevista e ver quão bem elas mentem, quando disserem que adoram clientes. Não acredito que haja quem goste de contactar com clientes. Acredito que há quem tenha mais jeito para isso, e há pessoas que o têm indubitavelmente, mas a questão do gostar não é assim tão simples. Ora vamos ver: preferiam estar numa loja/consultório/escritório/stand/qualquer estabelecimento de atendimento ao cliente o dia todo, a levar com pessoas chatas e resmungonas, que não se ensaiariam muito para levantar a voz e quiçá vos insultarem, ou então fazer qualquer outro tipo de trabalho onde não tivessem de lidar directamente com clientes? A vossa escolha eu não sei, mas eu tenho bem certeza da minha.

6 comentários:

Mr. Whitenoise disse...

É como aquelas pessoas que escrevem no CV "gosto pelo trabalho em equipa", quando na verdade são verdadeiros eremitas sociais.

VdeAlmeida disse...

Mas já viste bem como é que isto funcionava se ninguém quisesse contacto com o público?
Já agora, já reparaste que as pessoas nem sempre são assim? Já viste alguém reclamar numa repartição de finanças? Pagam e não bufam!

stantans disse...

eu trabalho no apoio ao cliente, onde os clientes são umas bestas tal como os descreveste, e por muito que goste de conviver e falar com pessoas, preferia mil vezes não ter que aturar ninguém no trabalho

Anónimo disse...

E quando somos nós os clients? Como no sportamos?

Anónimo bonzinho

Maat disse...

@anónimo bonzinho: é precisamente por saber como às vezes eu própria sou, que digo isto. é óbvio que quem está a frente de uma loja, muitas vezes pode não ter culpa dos erros todos que se cometem lá. mas se está à frente, é essa pessoa que leva com as culpas. eu nunca fui mal-educada. posso às vezes ser ríspida e mudar o tom de voz, mas má educação não. mas há muitos que são e é nisso que eu penso, que eu não ia querer aturar-me, a mim e a outros piores que eu.

@VdeAlmeida: é óbvio que alguém tem de fazer o 'trabalho sujo'. só estou a dizer que não acho que as pessoas gostem. fazem, mas não gostam e é quase ridículo pedirem isso numa oferta de emprego. e acho que se pudessem escolher, não iam querer isso, como a stantans diz.

KitaThinkPink disse...

Acho-te graça a escrever... e o mais engraçado é que depois de um dia de trabalho a levar com clientes e sempre centrada no "gosto pelo cliente" farto-me de rir com os teus posts e as postas de pescada. :)

utilizadores online