02 março 2011

Do esquecimento

Não gosto de pessoas que deixam os piscas ligados. As pessoas vão virar, ligam o pisca para indicar a mudança de marcha e, depois de o fazerem, quando por alguma razão o pisca não se desligou automaticamente, como acontece na maior parte dos casos, deixam-no ligado para sempre. Não entendo como não se pode ver que o pisca está ligado. Aquilo, de facto, e como o nome indica, tem umas luzes que piscam incessantemente no painel. E também faz barulho tic tic tic tic tic tic. Sempre, até ser desligado. Como é possível que as pessoas não reparem que está ligado? E que façam quilómetros até o desligarem? Que muitas vezes é a próxima mudança de direcção, quando se desliga automaticamente. Não entendo mesmo.

(post inspirado pelo F.)

4 comentários:

offigsandpears disse...

Também não gosto e não entendo como é que não se dá por ela. Já para não falar que é uma fonte de confusão para quem vem atrás.

Framboesa disse...

É verdade!Atrapalham imenso!
mas no meu carro, por exemplo, nem luz nem tic-tic...tenho mesmo que ser eu a estar atenta...cm eu deve haver muita gente com carro silencioso em termos piscativos :-)

menina disse...

Concordo plenamente! mas não é que no sábado me aconteceu isso? Pois,a musica ia um bocadinho alta,o carro já não vai para novo,e faz barulho e eu não dei pela porra do pisca! Até um senhor taxista apitar e começou a fazer sinais a indicar que tinha o pisca ligado! Aré me encolhi no carro....

Isabel disse...

Tens razão, pois tens, mas se tivesses o meu carro compreenderias, é ali como o da Framboesa: "nem luz nem tic-tic"!

utilizadores online