04 abril 2013

Da sujidade

Não gosto de bálsamos de lábios. Aqueles que vêm em caixinhas de metal, normalmente (lembro-me assim de repente daquele da Vasenol, que há em várias cores. Ou geleia real da Oriflame, que também uso). Ou qualquer tipo de hidratante labial que não venha em formato baton. Acho que é fácil de perceber o porquê de eu não gostar: a dificuldade de aplicação. Como é que é suposto nós pormos aquilo, com os dedos? É o que eu costumo fazer, mas depois onde é que limpamos os dedos? Normalmente às calças de ganga... Mas não é nada prático. Quer dizer, uma pessoa tem de sujar o dedo todo para lambuzar os lábios e depois ainda temos de limpar o dedo. E não quero andar a pegar num lenço sempre que ponho bálsamo. Em casa costumo usar um pincel daqueles pequenos dos lábios, mas não vou andar de pincel atrás de mim fora de casa. É muito mais fácil em formato baton. Abrimos, puxamos para cima, pomos, fechamos. Simples e limpo.

5 comentários:

Cath Quelque Chose disse...

Eu penso mais na sujidade dos dedos mas antes de meter o dedo no boião (nunca escrevi esta palavra,ehe), por isso não uso. Já me ofereceram, mas usei-o unicamente em casa, onde as bactérias são mais friendly e há o pijama ou a roupa de andar por casa para sujar.

jack disse...

lenço de papel?
roupa dos outros em jeito de "eh pá, não te via há tanto tempo" ?

Isilda disse...

Eu também acho nojento os bálsamos para os lábios em boião.Nunca usei mas vi que dá trabalho e não é nada uma boa forma de aplicar!

regina disse...

mesmo limpando às calças, parece que o dedo fica sempre engordurado... e o que fica entre as unhas? não são mesmo práticos.
no entanto às vezes aparecem uns com umas caixinhas tão fofinhas, que é preciso relembrar todas as desvantagens para não cair na tentação de os comprar, e ficarem em casa só para decoração.

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Sou igual! Acho muita blhequice!

utilizadores online