29 janeiro 2013

Do ódio

Não gosto do rumo que este blog está a levar. Dizia um anónimo no último post que o blog está a ficar muito monótono e muito bem. É verdade que provavelmente nunca mais haverá um post como o Markl ou mesmo o dos professores, que agitaram muito os ânimos das pessoas. Mas o anónimo também deve pereber que é impossível odiar tudo, sempre com a mesma força. É como aquela questão do saber, ou sabemos tudo sobre pouca coisa (e somos especialistas) ou pouco sobre muita coisa (cultura geral). Com o ódio é igual. Não temos ódio suficiente para destilar permanentemente. Se já odiamos muito algumas coisas, não temos ódio para todas as restantes, essas têm de ser odiadas em menor grau. Mesmo o Hitler, por exemplo, que odiava muito os judeus, não tinha ódio suficiente para odiar todas as pessoas do mundo, por isso gostava dos arianos e até queria ajudá-los, eliminando todas as outras pessoas. Por isso, peço desculpa ao anónimo, ao meu seguidor que deixou de o ser e aos restantes leitores que acham que este blog está a ficar murcho. Eu prometo que vou tentar odiar tudo mais veementemente, para ter assunto de escrita e assim não vos maçar mais com coisas moderadas como não gostar muito de musicais ou de toalhas molhadas. Eu vou tentar destilar ódio o dia todo, odiar todas as pessoas e situações para assim alimentar este blog com coisas mais interessantes. Vou começar este exercício agora mesmo, odiando o carpinteiro que há três meses que não aparece para fazer o serviço que contratei (mais pormenores odiosos amanhã).

14 comentários:

Anónimo disse...

restamtes

Maat disse...

obrigada!

Anónimo disse...

Eu referia-me a monótono pela falta de reacção das pessoas, não por o teu ódio ter diminuído… esse continua em forma!

Maat disse...

aaaaahhhh! ufa, pensei que estavas a dizer que eu era fraquinha e já não odiava como deve ser. estou mais descansada assim.

Aflito disse...

Odeio-te! :|

Maat disse...

muito bem, Aflito, é isso que queremos, dinâmica e interacção das pessoas.

Anónimo disse...

isto é um chat?

Cynthia disse...

Eu gosto do blog como sempre gostei :)

Aflito disse...

Era só para entra no espírito da cena Maat!

Anónimo disse...

ok... é um chat, odeio chats

Aflito disse...

Eu é mais gordas de leggings, mas olha, é a vida..

Maat disse...

wow, tantos comentários! anónimo, agora já não te podes queixar da monotonia.
obrigada, Aflito e anónimo(s) por dinamizarem o blog.

Anónimo disse...

Vais pagar por isso. mas ve lá se colocas coisas mesmo más, sobre gajas.

Julia Goldstein disse...

Se acabasses os posts com coisas como "e vocês, também odeiam gordas de leggings?" e coisas assim, terias mais comentários. Não o fazes e acho bem.

Odeio blogs que entram nessa onda xunga de "ah e tal e vocês meus adorados e mui estimados leitores?"

E não acho que ausência de comentários seja mau.
Este blog para mim é de leitura obrigatória diariamente. Espero que continues a não gostar de muitas coisas!!

utilizadores online