11 outubro 2012

Da arte

Não gosto de tirar fotografias. Por alguma razão obscura, sempre que alguém me tira alguma foto, acontece alguma coisa que atrasa o processo em muito mais tempo do que aquele que é socialmente aceitável. Primeiro escolhemos a pose, pomos o nosso melhor sorriso amarelo e ficamos à espera, à espera que algo aconteça. Mas nada acontece durante segundos, enquanto estamos imóveis à espera da fotografia. Até que, reparando na demora fora do normal, perguntamos 'então?'. É nesse preciso momento que o aparelho dispara, dando origem a uma foto de boca aberta e expressão de impacência. Então tiramos outra. Mais uma pose, um sorriso amarelo, mais uns segundos infinitos de espera mas, desta vez, já não perguntamos nada, com medo. Ficamos apenas ali à espera, num tempo que me parecem meses. Finalmente o aparelho dispara e o fotógrafo de serviço informa-nos que ficámos de olhos fechados e temos de repetir. Nesta altura, perguntamo-nos mentalmente porque nos sujeitamos àquilo, mas, uma vez que o sofrimento já foi tanto, mais vale ficar com uma foto de jeito e damos mais uma oportunidade. Outra pose, outro sorriso amarelo, mas desta vez com o aviso 'tira isso rápido'. O fotógrafo, já com algum receio pela sua vida, lá dispara rápido, mas um bocado à sorte. Quando vamos a ver, estamos com um olho mais fechado que o outro e a foto até está desfocada, mas nesta altura, depois de minutos da nossa vida perdidos, já só queremos que a foto se foda e vamos à nossa vida.

3 comentários:

Never Told Words disse...

E tirar fotos para o cartão de cidadão? quando fiz o meu aquilo era um processo recente e ninguém me sabia explicar muito bem como funcionava.. Lá estava, feita parva a olhar para a frente e não via máquina nenhuma até que a senhora do guichet grita "já está menina!!"
Escusado será dizer que pareço uma reclusa em custóias...

stantans disse...

Never Told Words, ninguém fica bem na foto do cartão de cidadão.

esta descrição do processo de tirar fotos está perfeita, ahah, também detesto!!

Peppy Miller disse...

isso é porque apanhaste "mais fotógrafos".
A fotografia deve ser, sempre, espontânea. (mas sou suspeita porque adoro fotografia à socapa)

utilizadores online