28 novembro 2011

Do fechamento

Não gosto de pessoas que dançam em rodinha. Vamos a um bar, tudo parece normal, quando um grupo de tansos começa a dançar em rodinha. Provavelmente são pessoas fechadas, que não gostam de convívio com outras pessoas (como eu, no fundo), e que, até quando vão sair para dançar, gostam de se fechar em copas. Começam a formar uma roda, primeiro quatro, depois juntam-se mais dois, depois mais três, e fica ali um círculo gigante, constituído por um grupo de amigos, que dançam uns para os outros. Para ficar mais ridículo, só se um ou dois forem dançar para o meio. Aí já merecem honras de super cliché de filme americano. Surreal seria se os outros todos começassem a dançar sincronizados, mas isso já sou eu a sonhar.

4 comentários:

Ana disse...

Mesmo! Nota-se logo que é pessoal que sai pouco à noite ou nem teriam esse péssimo hábito.

stantans disse...

nunca vi gente a fazer isso, mas ia-me rir muito lol

faa disse...

Confirmo!

Vera disse...

E quando pôem as malinhas ao meio?

utilizadores online