19 abril 2011

Da fama

Não gosto da maioria da música portuguesa, especialmente aquela musiquita de porcaria de bandas portuguesas que acham que por terem tocado num bar de um cunhado de um amigo do baterista agora são super famosos e já passam nas rádios e têm uma legião de fãs. Até eu que sou contra isso, espero que haja alguém que tenha a ideia de fazer uma petição para que esses grupos todos que agora nascem em cada esquina voltem para a garagem escura e com cheio a mofo de onde vieram e para não chatearem mais ninguém com as suas pseudo-músicas. Essa petição eu assinava, mesmo contra os meus princípios. Antes era mais a Antena 3 que passava isso, agora está a alastrar-se às outras rádios também, porque temos de ouvir o que é português e apoiar as nossas bandas e bla bla bla. É por isso que quando ando de carro só ouço CDs. Podia numerar algumas dessas bandas, mas corria o risco de perder os poucos leitores que tenho. E no fundo, acho que vocês sabem de quem eu estou a falar.

10 comentários:

Pusinko disse...

Não ouço rádio nem estou em Portugal, nãtenho ideia do que falas. Mas fiquei curiosa! Se tiveres sugestões ninguém deve ficar ofendido, mesmo que até gostem das ex-bandas-de-garagem-que-estavam-bem-era-lá-fechadinhas-para-todo-o-sempre.

Coisas Miméticas disse...

Olá!
 
Chamo-me Daniela, e gostava de apresentar o meu novo blog com peças feitas por mim.
 
www.coisasmimeticas.blogspot.com

Também poderá seguir as coisas miméticas através do facebook:
http://www.facebook.com/coisasmimeticas

Muito obrigada! =)

Isabel disse...

Oh, Maat, estás a ser mazinha, eu também não sei de quem falas, mas acho que todos merecem uma oportunidade. Acho que o tempo encarrega-se de reencaminhar para as garagens bafientas quem realmente não tem muito para dar.
Já agora, já era tempo de um tal de André Sardet voltar para o buraco escuro da garagem.

Maat disse...

@Isabel: adivinhaste um dos nomes. esse é um dos piores.

@Pusinko (e todas as outras pessoas com curiosidade para saberem de quem estou a falar, mas por favor, não me atirem para a fogueira): virgem suta, expensive soul, susana felix, mikkel solnado, pedro abrunhosa, deolinda e o meu ódio de estimação david fonseca (apesar de eu reconhecer que ele possa ter qualidade como cantor, compositor...), entre muitos muitos outros. o truque é ir aos sites das rádios, ir à página que tem as músicas do top da playlist e escolher as bandas portuguesas.

stantans disse...

concordo com todos os que disseste menos com o david fonseca que gosto bastante e acho que tem bastante talento. já os deolinda odeio, esses são o meu ódio de estimação!

Pusinko disse...

Maat, obrigada pela lista. Sei de alguns pelo nome, outros nem sabia que existiam. Do Abrunhosa todos conhecemos alguma coisa. Deolinda só se os outros fossem os donos da telefonia e eu nao pudesse mudar, D. Fonseca tem qualidades como músico, só nao me puxa. Mas tem uns lábios bem desenhadinhos.

Gosto de ler os teus posts :)

(Este teclado é mau e nao tem acentos/cedilhas... nada a fazer)

Isabel disse...

Ponho um visto em todos, mas não assinalo o Abrunhosa. Percebo que não se goste, que o homem não canta e não tem voz e mais-não-sei-quê, mas eu gosto de alguns poemas dele e com algumas notas musicais gosto de o ouvir. Por mim ele não volta para a garagem!

NeuzaKC disse...

Adoro o David, portanto nesse nem vou falar. Mas pensei até que algures na lista estivesse o Mikael Carreira (ou lá como se escreve a porra do nome dele), que parece mais gay do que o que é (e sim, gay de homossexual, não de insulto).

Maat disse...

@NeuzaKC: nem sequer me lembrei desse, porque acho que esse está numa categoria ainda mais abaixo. e acho que esse não passa assim em qualquer rádio, mas posso estar enganada. é tudo farinha do mesmo saco.

Pinkk Candy disse...

também não sou grande fã da maioria dos músicos portugueses, finalmente encontrei alguém que pensa como eu. :)

(e sim, normalmente somos apedrejados em praça pública se dissermos que não gostamos de x ou de y que seja tuga e que esteja mais ou menos na moda, ou já tenha estado)

utilizadores online