11 março 2011

Do (eventual) racismo

Não gosto quando as pessoas que se mascaram de pretos, ainda na temática Carnaval. Não percebo muito bem a ideia. Eu compreendo que não seja racista, nem ofensivo, mas também não é assim muito simpático, parece-me. Preto não é bem um disfarce. Eu percebo que as pessoas também se mascaram de chineses (raça amarela) e de índios (raça vermelha), mas já alguém se disfarçou de caucasiano? Não me parece. Gostava de saber o que acham. Eu não acho racista, mas também não é um disfarce que eu quisesse usar, se calhar não tanto por medo de ofender, mas porque não acho muita piada ao disfarce em si. Mas eu também não acho piada a muita coisa, por isso sou suspeita.

7 comentários:

Framboesa disse...

Hummm...realmente dá que pensar...mas também não estou a ver ninguém mascarado de negro (não agora...estou a tentar recordar-me de festarolas passadas)...talvez dependa da maneira como a pessoa usa a máscara...se exagera nas características ou nos preconceitos asssociados á raça...
Olha, não sei...grande contributo hein?

P.s. agora que penso nisso, quando me vesti de sevilhana (sim, manda pedras, vá....)usei uns brincos horreendos e disse ao meu marido: eh pah tenho que usar estes brincos horrendos que elas são assim um pouco pro piroso...hummm..(pois , nada a ver também, mas pronto...)

Pusinko disse...

Tens razão em tudo, diria eu. Primeiro porque não é feito (espero) com intuito racista, mas (2o) não tem grande lógica e (3o) reduzia-se muito a oferta de máscaras se não pudessemos interpretar diferentes povos/comunidades do mundo. Como os homens se mascaram de mulher, com mamas plásticas copa G, mini-saias, muito baton exagerando o que mais caracteriza as mulheres, Índios, chineses, Amish... lá está, concordo contigo mas acho que não há muito por onde se lhe pegue :)

Beijinhos e bom fim-de-semana.

Ta' disse...

Obrigada por me fazeres rir muito logo pela manha, excelente post =)

Roxanne disse...

Não acho grande piada ao Carnaval, mas se tivesse que me mascarar não seria esse tipo de mascara que iria usar.

Isabel disse...

Mas como é mascarar-se de preto? Ao ler isto a imagem que fiz do disfarce foi mais de canibal, com um osso na cabeça, carapinha, a pele um pouco mais escura, por aí. Nunca tinha interpretado isto como "disfarçar-de de preto". Há que se disfarçe de preto?

Maat disse...

ora bem, o disfarce de preto consiste normalmente numa carapinha gigante e em pintar a cara toda de castanho, não sei bem com o quê. depois normalmente essas pessoas usam camisas coloridas tipo às flores ou isso. haverá mais varinates, mas esta é a mais básica e mais simples. a não ser que eu tenha interpretado mal o disfarce, e isso afinal não seja de preto, mas se assim for, não estou a ver o que será então.

Irina disse...

Este Carnaval tive exactamente o mesmo pensamento. Ofende-me ser/ver-me caracterizada de tal maneira. É ofensivo e ridiculo.

Depois poderão os mais puristas dizer que sou eu que tenho falta de humor, que não é para ser levado a mal pois é Carnaval. Pois eu não gosto e até "simpatizo" com o Carnval. (coisa recente) Tal como uma amiga míope também não gosta quando usam oculos-fundo-de-garrafa para se mascararem. Olha, coisas.

utilizadores online