12 novembro 2010

Da sensatez

Não gosto daquelas pessoas que compram um portátil (ou qualquer outro aparelho electrónico) e que deixam lá todos aqueles autocolantes, com as características dos mesmos, porque têm medo de 'estragar' se os tirarem. E depois aquilo fica tudo comido pelo tempo e ainda fica mais feio, e se os tentam tirar aí, já só sai metade. A cereja no topo do bolo são aqueles que, para além disso, deixam aquela película transparente no ecran eternamente, 'para não riscar', mesmo quando já está tudo descolado e cheio de sujidade agarrada.

7 comentários:

Tolan disse...

tenho um amigo que é exactamente assim, tem a película do ecrã telemóvel cheia de bolhas e meio descolada e não tira :D

Maat disse...

Eu tenho um amigo pior: tinha a película e começou a descolar e ele em vez de a tirar toda, pensou cortar só a parte descolada com um X-acto.
Pior a emenda que o soneto: um risco enorme de x-acto de um lado ao outro no visor do telemóvel :)

Pessimista Positivo disse...

Não gosto de autocolantes mas gosto de deixar as películas algum tempo. Não propriamente até terem bolhas, um quilo de sebo e pelos de gato. A película dá aquela sensação de acabado de comprar. A ideia de que aquilo vai durar mais tempo. E é uma boa desculpa para explicar porque é que ainda não comprei uma bolsa para o telemóvel. Contraditório, estúpido, mas é assim.

Maat disse...

A primeira coisa que faço quando compro coisas com película é tirá-la. Adoro. E costumo pedir às outras pessoas para me deixarem tirar as películas delas também.

Isabel disse...

Também adoro tirar as ditas películas, e bem devagar para prolongar o prazer!

kiss me disse...

Pior, há quem deixe nos relógios...

Tolan disse...

Nos... relógios... :\

utilizadores online