28 agosto 2012

Da recusa

Não gosto de festas de anos. As pessoas fazem anos (e a Maat esquece-se) e convidam-nos para um jantar. Um belo jantar para celebrar o dia de festa do/a nosso/a amigo/a. Que às vezes não é assim num restaurante tão barato. E a Maat, apesar de não fazer festas de anos e praticamente não receber prendas de ninguém, tem sempre vergonha de chegar de mãos a abanar, por isso acaba sempre por comprar uma prenda. Que também nunca é assim tão barata quanto podia (devia) ser. E depois do jantar, a malta ainda sugere irmos tomar um copo. E o sítio onde vamos tomar copo nunca tem lugares para estacionar e a Maat, com medo de multas e/ou reboques, põe o carro no parque e gasta ainda mais dinheiro. Resumindo, com esta brincadeira, la se vão uns 40€ ou mais. E é óbvio que depois eu não gosto de festas de anos. Porque às vezes nem gosto assim tanto do restaurante ou nem sou assim tão íntima do aniversariante e vou gastar uma pipa de massa. Preciso de opiniões: como faço para acabar com este desbaste no meu orçamento? É chato aparecer sem levar prenda, por exemplo? Uma coisa é se fizerem um jantar em casa, que aí é óbvio que vou dar prenda. Mas ir a restaurantes e levar prenda por cima... Ou então podia recusar o copo depois do jantar, dizendo que estou cansada. Ou então inventar um compromisso e aparecer só depois do jantar. É que mesmo dando a desculpa de que não podemos gastar muito dinheiro, as pessoas dizem sempre que é só uma vez por ano. Pois, é uma vez por ano para elas, mas eu conheço muita gente, e todos eles fazem anos uma vez por ano. Rai's parta as festas de anos!

PS: Alguém me explica porque é que a letra está diferente, não tendo eu mexido em absolutamente nada? Não sei como resolver isto.

4 comentários:

Wendy disse...

Eu compreendo-te perfeitamente, por isso só vou a festas de pessoas que me sejam realmente íntimas. Aprende a dizer que não sem teres que dar grandes satisfações porque as pessoas não têm que se meter na tua vida e tu não tens que ter esse constrangimento. Era o que faltava agora as pessoas não terem liberdade para dizer que não. Se o aniversariante ficar chateado é porque é arrogante e insensato e se ele/a não te convidar mais só te faz um favor. O ideal é apareceres depois de jantar para beber um copo, poupas muito dinheiro e o aniversariante vai recordar a tua presença.

cerejinha meia amarga disse...

Hello!
Na minha opinião, senão queres muitos gastos equaciona a hipótese de aparecer depois do jantar, se vais ao jantar, torna-se mais dificil dizeres que não ao copo, visto já estares dentro do espirito, além desta razão nós temos a tendência de acompanhar o "rebanho" portanto acabamos sempre por ir e fica o esquema alterado.

***

stantans disse...

eu também muitas vezes digo não ao jantar e vou só beber um copo... e nunca dou prendas, só mesmo a 2 ou 3 amigos mesmo próximos, para os outros a prenda já é a minha presença lol

Anónimo disse...

A menina do 'não gosta' tem de aprender a dizer ao vivo que 'não quer' ;)

utilizadores online